Eu?

Minha foto
País das Maravilhas, Brazil
O que sinto, escrevo! Meu coração pede e obedeço. É ele quem dá as ordens, é ele quem manda aqui!

sábado, 27 de julho de 2019

Independência solitária.


Hoje em dia o que mais vemos por aí são mulheres trabalhando jornada dupla, fazendo faculdade, pós, MBA etc e luta pra ter seu carro, sua casa, seus móveis e fazer aquela decoração linda e usar as melhores roupas, calçar os sapatos mais lindos, disputam entre si o melhor penteado, as mechas mais platinadas, a viagem pra europa, EUA, etc e no final dentro de cada uma existe um vazio, mesmo com todo esse corre corre falta algo... O que mais ouvimos são os lamentos de mulheres "bem resolvidas" que ganham altos salários e usufruem de sua independência SOLITÁRIA!
É amigas, esse é um assunto delicado, existem aquelas que gostam de estar sozinhas, de curtir a sua confortável solidão, mas grande parte da mulherada reclama pela falta de alguém para compartilhar a vida. E nutrem uma frustração afirmando que: Não tem homem pra mim! (ou mulher).
Realmente tá complicado encontrar alguém que possa acompanhar a rotina de uma mulher independente.
As bem sucedidas nunca param de querer mais, sempre mais. O corpo perfeito, o cabelo perfeito, o carro mais moderno, a casa mais linda e vivem em um ciclo vicioso de trabalho infinito para alcançar seus objetivos.
Ser contra ou à favor disso é muito complexo, mas eu particularmente abro mão dessa parte que a mulher morre de trabalhar e vive sozinha.

Cooorreeeee


E digo à mim mesma...

Quando alguém passa a trazer à tona o pior de você, afaste-se! Corra! Vá para bem longe!
Existe dentro de cada um de nós anjos e demônios, que podemos viver a vida inteira mantendo-os sob controle, mas se alguém surge na nossa vida e nos faz manifestar nossos demônios e piores sentimentos, é hora de sair de perto dessa pessoa!
Tenho passado por tribulações intensas, pra variar né?
E não quero manifestar meus demônios, ando precisando viajar, sair, voar, manifestar meus anjos e espairecer!

Rascunho impublicável... publicado.

POST DE 2014


Venho aqui dizer que estou grávida.
Sim. Grávida.
Quase 2 meses, ainda é recente... Já escuto em minha consciência minha mãe dizendo: Alice deixe pra falar quando passar os primeiros 3 meses! Mas gente, quem me conhece sabe da minha fé, sabe que creio que existe um motivo pra tudo nessa vida. Se estou grávida agora é porque era pra ser, se eu perder, não será porque falei.
Estou sensível demais, carente também, olhando as crianças na rua e chorando kkkk tá meio patético, mas tá engraçado.
Fora isso, não tenho sintomas O.o, os famosos enjôos, desejos etc, nada fora da minha normalidade.
Pra ser sincera só acredito que estou grávida, pois ouvi um coração acelerado batendo a 140 pm no ultrasom.
Tenho refluxo, então se eu enjoar, já é normal. Tenho gastrite, o que me faz sentir azia e se sentir pela gravidez, normalíssimo pra mim. Sou gordinha, e gordinhos tem desejos sempre kkkk
Ainda é tudo tão surreal pra mim... Pouco tempo atrás eu estava suspirando e imaginando "o dia que terei minha família" e puff lá vem o Deusão grande como é, trazendo pra mim um homem maravilhoso e agora esse presentão que se Deus quiser virá para completar.
Olhando postagens sobre Mãe de primeira viagem, só vejo a mulherada reclamando dos sintomas, nesse caso, posso dizer que sou sortuda né?

Arakate

Então ...

Tem sempre alguém por perto que fala: "Saudade da minha terra"
Hoje mesmo, conversando com um colega de trabalho ele com aspecto abatido e eu perguntei o que estava acontecendo e ele me disse: uma saudade de minha cidade sabe...
Eu parei pra pensar e fiz uma análise sobre mim, se tinha sentido essa saudade... é eu senti sim, quando saí de casa eu chorava e ficava me lamentando dia e noite, queria voltar pra "casa" e não dava, porque não tínhamos condições financeiras e eu tinha que trabalhar, enfim...
Nasci no Rio de Janeiro, morei em tantos lugares desde então e acabei me acostumando e aprendendo a viver em qualquer lugar. Hoje estou aqui em Fortaleza, nem é a cidade que eu mais gosto, mas... Sou fruto do meio e acabo me adaptando à quase tudo, só não me acostumo, e isso é NUNCA com o comportamento de algumas pessoas daqui.
Bom, essa coisa de casa é engraçada, quando eu morava na praia do futuro e tomava meus porres eu pedía que me levassem pra casa, mas não para a minha casa na praia do futuro, mas a casa aonde moram minha irmã, mãe, sobrinho e tals, daí vem a reflexão: "Minha terra" vem de algo muito mais íntimo do que simplesmente uma cidade, um país... vem de "chão" de estar em um lugar aonde você se sinta em casa, de estar ao lado de quem te faz sentir em "sua terra" eu acho que quando alguém diz: Saudade da minha terra, está com saudades dos seus, das pessoas que ama, muito mais forte do que qualquer outra saudade material... O clima, o cheiro, as lembranças, tudo está diretamente relacionado às pessoas das quais você conviveu naquela tão querida terra.
Concluo minha reflexão chegando à uma afirmação: Sinto saudades então de uma terra que até agora não conheço.
Amo Aracati, é de lá que tenho boa parte das minhas maravilhosas e piores recordações e é de lá também que mantenho minhas melhores amizades, queridas e amadas....


Sai pra lá baixo astral

O mau humor assim como o bom humor são contagiantes, mas o que mais me admira é que existem poucas pessoas mau humoradas e essas poucas fazem um Eeeeeco tão grande...
Estamos rodeados de pessoas que nunca passaram uma real situação de desespero, nunca sofreram um acidente grave, nunca passaram fome, não foram amputados pela guerra, não são órfãos, não vivem na Síria, no Iraque, na Somália, no Afeganistão, no Sudão! Vivem aqui no Brasil !! País de clima tropical, são pessoas cheias de saúde, com emprego, com pessoas que as amam, com todos os motivos do universo para serem felizes, mas preferem reclamar ... choramingar, ficar de mimimimi !
Eu estou completamente cansada, exausta de conviver com pessoas assim!

Depois dos 30

Com o tempo, meu sorriso vai se desvaindo, o doce prazer de apenas dançar a "minha dancinha", minha juventude vai ficando apenas no espírito e as marcas que cada decepção nos deixa nos torna pessoas mais fortes, porém, mais amargas... A convivência com pessoas que não contemplam a vida sugam a nossa energia de viver e pouco a pouco você percebe que aquela pessoa que você é a cada dia nunca mais será a mesma no dia seguinte, que os amigos não eram tão amigos assim e que os amores, ahhh os amores... será que existe um único amor, ou existem vários amores? E os sonhos? Ainda sonhamos depois dos 30 ? Alguém aí traz de volta o meu sorriso?

Proibido mentir!


Não sei se estou certa ou errada, mas acredito que em toda sinceridade sempre existe uma coisinha que ficou ali omitida no escurinho das coisas que não precisam ser ditas...
Isso é ser falso? Ser mentiroso? Não creio... Se achas que pode dizer toda a verdade então comece agora mesmo!
Proibido Mentir, omitir , seja lá o que for... nada além da verdade como nos tribunais ou serás castigado?? rsrsrs castigado por quem? Por sua própria consciencia! Essa sim pode te analisar tão bruscamente que te fará sofrer com a dura dor do arrependimento de não ter dito ou feito o que devería... e o que realmente deve ser dito ? Às vezes, muuuitas vezes as pessoas NÃO querem ouvir a verdade... eu particularmente prefiro ser enganada "algumas poucas vezes" com uma doce mentira do que ser destruída com uma verdade que não vai enriquecer em nada a minha vida a não ser me endurecer com a dor de saber algo que eu não precisava saber...Hipócrita eu ? Talvez sim, mas só às vezes... ah! só pra informar : Não sou perfeita!

No meio de toda essa coisa de mentir ou omitir, eu vivo a minha verdade e cultivo a sinceridade ao máximo, sou sincera com meus sentimentos...


Independência solitária.

Hoje em dia o que mais vemos por aí são mulheres trabalhando jornada dupla, fazendo faculdade, pós, MBA etc e luta pra ter seu carro, sua c...