Eu?

Minha foto
País das Maravilhas, Brazil
O que sinto, escrevo! Meu coração pede e obedeço. É ele quem dá as ordens, é ele quem manda aqui!

sábado, 5 de maio de 2018

Eu sou o problema.

Sou eu.
Eu sou o problema.
Minha culpa, minha máxima culpa.
Não existe nada mais complicado do que eu.
Eu escuto sempre de todo mundo: Alice ninguém te aguenta.
E ninguém me aguenta mesmo, nem eu.
O destino de alguém como eu é mesmo estar sozinha e pronto, eu tenho que me conformar com isso.
Não posso falar, não posso sentir, não posso amar, ninguém quer me ouvir, ninguém quer me sentir, ninguém quer receber o meu amor. Nem peço amor em troca, eu só dou.
Mas eu sou uma desequilibrada. Que tem rompantes de loucuras impossíveis de serem aceitos, ninguém aceita, ninguém aguenta. Nem eu aguento.
Não tem solução pra mim, acabou.
Meu destino é ser sozinha, é viver sozinha, não tem ninguém que me ature por muito tempo, sou insuportável.
Não é drama, é apenas a realidade. Olhe a minha vida... Quem são meus amigos? Eles só são meus amigos porque estão longe... Não tem ninguém que consiga conviver comigo, nem minha família.
Eu vou me recolher, vou me recolher à minha ignorante insignificância. Chega, não quero mais ver ninguém, não quero mais ouvir sempre a mesma coisa: Alice, ninguém tem aguenta. Eu já sei! Nem eu me aguento.

Carências...

Vamos falar de carências ... Pessoas que não sabem suprir sua carência emocional  lembram aquela expressão de que não devemos ir ao superm...