Eu?

Minha foto
País das Maravilhas, Brazil
O que sinto, escrevo! Meu coração pede e obedeço. É ele quem dá as ordens, é ele quem manda aqui!

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Alice no país das ilusões on line.


Não sou tão louca, não suficientemente louca...
Talvez o que as pessoas imaginam de mim, esteja dentro de cada um e não percebem.
Ontem assisti um filme sobre um cara que passa a vida inteira olhando para a vida dos outros pelo instagram e facebook e acha que a vida dos outros é sempre melhor, que a dele é fracassada etc...
Mas no fim ele descobre que a vida dele é uma grande maravilha e a dos outros apenas uma farça imaginária criada por ele mesmo.
Assim são as pessoas que acham que conhecem as outras pela internet. Acreditam no que querem acreditar, imaginam coisas que não existem, etc. Mas no fim, a realidade da vida de cada um só é conhecida para quem se dispõe a estar presente. Quem se faz presente. Quem convive.
Postagens na internet não definem ninguém. Nem aqui, nesse blog onde me exponho ao extremo, não se pode ter a real noção de quem eu sou de fato.
Eu me permito estar nesse universo fantasioso, virtual, me divirto, mas sei que muuuito do que vejo é pura ilusão e fantasia mesmo.
Eu me sinto frustrada sim, por querer alguém que está lá do outro lado da puta que pariu, on line... Que não conheço, que não sei se o que penso sobre ele é real ou não, mas que ele permanece aqui. Ainda imagino aquele moreno, de sorriso largo, chegando no aeroporto e eu correndo para abraçá-lo.
Mas sabe por que não louca? Não suficientemente louca? Porque "eu sei" que tudo isso pode ser uma ilusão, uma doce e surreal ilusão. O moreno nunca chegará para me abraçar, o sorriso nunca será pra mim, a voz nunca soará no meu ouvido. E ter consciência me torna até um pouco normal né? rsrs
Beijos de luz!

Domingo tem ENEM meu povo!

Eu queria ser...

E lá se foram 10kg... Eu só queria ter nascido uma pessoa "normal" sabe? Daquelas sem sal, que dormem cedo, acordam cedo, tem rot...