Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Dividir o peso da vida.

A vida anda tão pesada...

Não gosto de me reclamar, lamuriar, ficar lamentando a vida que tenho, mas o tempo anda pesando e não ter a certeza se estarei sozinha para carregar o fardo ou não, me desanima.
Não tive tempo de estudar, nem condições financeiras pra me dar ao luxo de parar de trabalhar para me dedicar aos estudos e com o tempo essa falta de base vai pesando...
Sou filha de pobres, cresci sozinha e batalhando pelo pão de cada dia.
Quando penso que vou me estabilizar um pouco, acontece algo que me tira do chão e lá vou eu de volta à estaca zero novamente... Recomeçar é a palavra da minha vida! São tantos recomeços que sinceramente, já estou cansada.
E sabe qual é a pior parte disso tudo ? Não ter uma palavra ou um apoio físico na hora de recomeçar.
Um simples: Você consegue! Faz toda diferença...

E lá vem a Alice sonhadora, a romãntica ...
Quero alguém pra dividir o peso da vida comigo. Quero ter um abraço pra me apertar quando eu precisar. Quero ter a minha própria família.…

A dor ins"pira"...

Imagem
Existem pedaços de mim espalhados pelo chao da casa...
Que eu possa me reconstruir de uma forma mais serena dessa vez.
Que meu lado obscuro seja controlado pela luz que existe dentro de mim, e nunca o contrario.
Nao me acostumei ainda com essa nova Alice... Tenho que me redescobrir à cada dia.
Existe um passado doloroso dentro do meu coraçao que achei que tinha esquecido, me programei para esquece-lo...Mas atitudes similares me fazem lembrar do que nao gostaria de ter vivido.
Espero que a dor seja como a mola, que impulsiona e nao como uma ancora que segura o barco.
Tem muito vento la fora e eu aqui dentro estatica.
 Dessa vez nao sei o que dizer, ou o que fazer... Talvez o tempo diga.
Eu estou cultivando um pouco a dor, pois sei que ela è inevitavel.
Vou alimenta-la e tirar o melhor que puder... A dor inspira, o sofrimento tras junto consigo a evoluçao, por isso, viverei mais esse momento com toda a sua intensidade.
A magoa me faz sentir como se caisse em um buraco escuro, angustian…