Eu?

Minha foto
País das Maravilhas, Brazil
O que sinto, escrevo! Meu coração pede e obedeço. É ele quem dá as ordens, é ele quem manda aqui!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Deu erro.



Todo final de ano fico com aquela mania de querer relembrar o que fiz no ano que está acabando e planejar o que tá chegando... Aí me lembrei que não fiz planos para esse ano.
Fui fazer aquelas testes do facebook : "Como foi o seu ano ? Vamos relembrar?" E apareceu a mensagem: ERRO AO CALCULAR O RESULTADO.
Geeente, até o Facebook sabe que tá complicado fazer resumo do que aconteceu esse ano... rsrs
Me mudei de casa ...






 vendi o carro, perdi emprego, adotei uma cadelinha a Nina!

viajei nas férias pra SP...

 e pro RJ ...

 Enlouqueci de amor e de desamor... E quando vem o desamor: engordei 13kg!
Fiz trabalho em TV ...
Eu não consigo olhar só para o lado ruim, vivi muita coisa de coração ferido, de voz embargada, mas vivi, né?

Para 2016 eu só espero que seja mais suave do que esse 2015 que foi PANCADA!
Sossego, tranquilidade, um pouco de paz! E amor... ahhh o amor... Meu coração necessita!
Beijoosss

Alice Maia


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Não me desanime...


Hoje, enquanto eu pintava e colocava todo amor em um dos trabalhos manuais que realizo no Ateliê, ouvi alguém dizer: Você tem vontade, mas não tem talento. 
Isso me entristeceu tanto, que meu coração ainda agora dói. 
Não sou lá tão habilidosa, na verdade, sou um desastre em pessoa, derrubo tudo, quebro quase tudo e por aí vai. Mas, ouvir assim, de forma tão direta, acaba doendo né?
Esse era o trabalho que eu estava realizando :
 
Não sou modesta, gosto de ser realista e sou auto crítica o suficiente para dizer que esse foi um dos meus mais bonitos trabalhos. 
Mas a pessoa que falou que eu não tenho talento, está cheia de rancor, de tristeza, de desgosto, de tantos sentimentos negativos, que ela acaba soltando seu veneno para quem passar à sua frente. E essa pessoa, hoje, infelizmente era eu. 
Mas posso ver o lado positivo da coisa:
Hoje, mais do que nunca, me auto analiso, me auto critico, de tal forma à me comparar com essa pessoa e agradecer por eu não ser mais tããão assim. Sim, eu já soltei muito veneno, cheio de amargura, em cima de qualquer pessoa que passasse em minha frente. Já feri muita gente com palavras. 

Na verdade, acredito que o caminho da evolução é um caminho lento, árduo e constante.
Espero que meu coração seja forte, pois à cada ano, minha evolução por um lado, está me deixando sensível por outro. Intolerante ao desamor e à grosseria.

:* 
Mega Beijo amores... Foi só mais um desabafo. 


Sou uma viciada em comida.

Não pode isso, não pode aquilo... É uma lista tão grande de coisas que não posso fazer e alimentos que não posso comer que nesse momento ...